Quem Somos

QUEIJOS BILORES

A nossa história - do começo à atualidade







Os primeiros fabricos aconteceram no Monte de Galinhas, numa queijaria improvisada e muito artesanal, que rapidamente se tornou incomportável face ao volume da produção.

Cerca de um ano depois, o fabrico é transferido para uma unidade criada para o efeito, em instalações familiares, em Moura. Aí, com todas as condições que são exigidas a uma queijaria, o fabrico continuou a ser feito de uma forma artesanal mantendo as características tão apreciadas dos queijos frescos e curados.

Domingos Costa decide-se começar do zero, depois de uma experiência na área da panificação, impulsado pelo rebanho de cabras comprado a partir de um projeto agrícola, com o seu filho João Costa.

O negócio inicia-se em 1991, com base física no Monte das Galinhas, e começa a tomar forma na cabeça de Domingos Costa, quem sabe sob inspiração da sua mãe, que já fazia queijos de cabra para venda local.

Na altura o negócio centrava-se na venda do leite a produtores de queijos da zona, mas um dia é tomada a decisão de começar a fabricar queijos frescos atabafados, que desde logo tiveram grande êxito.

A queijaria Bilores (formalmente constituída em Outubro de 1994), torna-se pioneira no fabrico de queijos de cabra de grande qualidade, sob a visão do seu fundador, que batalhou para colocar os queijos de cabra, ao nível de queijos mais conhecidos, feitos de leite de ovelha e vaca.





A produção da Bilores no seu início centrava-se no fabrico de queijos frescos atabafados, cuja origem do nome remonta aos primórdios da produção de queijos, que, após o leite ser fervido, era coberto com mantas, para não arrefecer, ou seja, para o abafar, ou atabafar, daí o nome atabafados. Esta técnica confere a este queijo um sabor genuíno resultando também numa massa mais compacta, em comparação a outro tipo de queijos frescos.



A procura dos queijos foi crescendo, obrigando à criação de uma nova unidade fabril, que acontece em Fevereiro de 2011.

Esta nova fase implica novos desafios e traz à casa, para trabalho direto o sócio João Costa, que veio a assumir a gerência do negócio. Com ele, inicia-se uma era de inovação, com a diversificação de produtos e com a novidade de produção de queijos de leite cru, que vieram a conquistar o mercado e até a ser reconhecidos internacionalmente com prémios conquistados.

Atualmente a Bilores conta com 24 colaboradores e produz cerca de 26 referências de produto, vendendo para todo o país, quer na grande distribuição, quer no pequeno retalho.